6 Dicas de Literatura Sul-Americana

6 Dicas de Literatura Sul-Americana

Gosta de literatura sul-americana ou procura alguns livros para começar a ler mais coisas do nosso continente? Preparei uma lista com 6 livros de escritores sul-americanos que você precisa conhecer! Inscreva-se no canal do Leia Para Viver Sobre a lista – 6 obras de literatura sul-americana A lista abaixo não é por ordem de importância ou uma seleção dos melhores escritores sul-americanos, ok? Até porque eu nem tenho a pretensão e a ousadia de fazer uma lista desse tipo. No caso, ela é integralmente baseada nas leituras Continue lendo

15 livros para 2017

15 livros para 2017

Confira, logo abaixo, o vídeo com 15 livros para 2017. • Aproveite e inscreva-se no canal do Leia Para Viver no YouTube. Nessa lista separei 15 livros para 2017. De modo geral são: autobiografias, literatura estrangeira, literatura nacional, livros de história e romance histórico. Se você já leu ou pretende ler algum dos livros citados, deixe um comentário. Lista dos obras para 2017: • Sagas Islandesas – Saga dos Volsungos • Carmilla – A Vampira de Karnstein • Walden • Os Afogados e os Sobreviventes • Frankenstein Continue lendo

[Vídeo] Mudança, de Mo Yan – Resenha

[Vídeo] Mudança, de Mo Yan – Resenha

Se inscreva no canal do Leia para Viver clicando aqui. Mudança (2013), de Mo Yan, é uma autobiografia de um dos escritores chineses contemporâneos mais importantes. Esse pequeno livro é uma ótima maneira de compreender as mudanças que a China vem sofrendo ao longo destes últimos anos. Editora: Cosac Naify Tradução do chinês: Amilton Reis Autobiografia ficccionalizada de Mo Yan, escritor chinês e Nobel de Literatura (2012). Como o título indica, uma obra que fala sobre mudanças. No caso, mudanças tanto na vida deste autor, Continue lendo

[Vídeo] O Arqueiro, de Bernard Cornwell – Resenha

[Vídeo] O Arqueiro, de Bernard Cornwell – Resenha

Se inscreva no canal do Leia para Viver clicando aqui. O Arqueiro, de Bernard Cornwell, é o primeiro volume da trilogia “A Busca do Graal” (editora Record). Os volumes seguintes são: “O Andarilho” (Vol.2) e “O Herege” (Vol.3). Sou fã do Bernard Cornwell, um dos meus autores contemporâneos favoritos. É impressionante a qualidade de todo romance histórico produzido por ele. Você nota que uma pesquisa enorme e séria foi realizada, principalmente por conta da quantidade de detalhes nas batalhas, descrições de armas, descrições de cidades Continue lendo

22 ótimos livros de fotografia

22 ótimos livros de fotografia

Livros de fotografia são itens que não podem faltar na minha biblioteca. Não digo que sou colecionador mas, sempre que possível, tento arrumar mais algum título. Acho que, assim como antologias de contos ou livros de poesia, são obras que gosto de pegar e simplesmente folhear, sem aquele compromisso de ir do início ao fim, sabe? Durante a faculdade tive algum contato com livros de fotografia, através de obras de teoria e história. Depois disso, comecei a me interessar bastante pelo assunto, especialmente por fotografias Continue lendo

Literatura marítima: 27 livros que você precisa conhecer

Literatura marítima: 27 livros que você precisa conhecer

O ato de contemplação do mar sempre foi um ingrediente fundamental na produção literária. Grandes autores e autoras se utilizaram dele como principal inspiração, produzindo livros maravilhosos e, muitas vezes, atemporais. Diversos são os clássicos da chamada “literatura marítima“. É o caso de títulos extremamente conhecidos, como “20 mil léguas submarinas”, “Moby Dick” e “Os trabalhadores do mar”. Escritores contemporâneos ainda bebem dessa fonte e conseguem, com muito sucesso, trazer ao público obras de qualidade. Já, como não poderia faltar, os autores nacionais também trabalham Continue lendo

[Vídeo] Feras de Lugar Nenhum – Resenha

[Vídeo] Feras de Lugar Nenhum – Resenha

Se inscreva no canal do Leia para Viver clicando aqui. Feras de Lugar Nenhum (Beasts of No Nation) é um pequeno livro escrito pelo nigeriano Uzodinma Iweala e publicado em 2005. Uma foto publicada por Leia para Viver (@leiaparaviver) em Nov 28, 2016 às 9:55 PST Na obra temos a história de Agu, um garoto que foi recrutado, de maneira forçada, por um grupo rebelde em plena guerra civil. Em 2015, a Netflix lançou uma adaptação da obra de Iweala, com direção de Cary Fukunaga Continue lendo

Sobre “Um Nazista em Copacabana”, de Ubiratan Muarrek

Sobre “Um Nazista em Copacabana”, de Ubiratan Muarrek

“Um Nazista em Copacabana” (2016) é um romance nacional, escrito pelo paulista Ubiratan Muarrek e publicado pela editora Rocco. Ao sair da Europa com o término da 2ª Guerra Mundial, o alemão Otto Funk viaja para o continente sul-americano com o objetivo de se estabelecer na cidade de Buenos Aires. Repentinamente, decide ficar no Brasil, local onde forma família com Iracema, uma manauara de personalidade forte. Pouco depois nasce sua filha, Diana. No entanto, Otto não é o protagonista ou o ponto central deste romance. Continue lendo

35 ótimos livros de escritores japoneses

35 ótimos livros de escritores japoneses

Muitos livros de escritores japoneses já foram traduzidos para o português. A cultura japonesa me fascina. Acho que desde pequeno venho cultivando um interesse profundo por muitas coisas de lá: idioma, história, música, cinema, animes, mangás, artes marciais, culinária etc. No caso específico da literatura japonesa, meu primeiro contato foi com o livro “Uma questão pessoal”, do Kenzaburo Oe. Depois desse, não parei mais. Preparar essa lista foi uma tarefa complicada já que, para quem gosta muito de um assunto, tudo relacionado a ele tem Continue lendo

Sobre “Um, dois e já”, de Inés Bortagaray

Sobre “Um, dois e já”, de Inés Bortagaray

Viajei bastante de carro durante a minha infância. Horas e horas de viagens, ansioso no banco de trás do carro, perguntando mil vez se já estava chegando. Uma criança insuportável, talvez rs. A leitura do livro “Um, dois e já”, da uruguaia Inés Bortagaray, fez com que eu me lembrasse de vários detalhes desses passeios. Esta escritora nasceu em 1975, na cidade de Salto, a segunda maior do Uruguai. Antes do livro “Um, dois e já” (“Prontos, listos, ya” – 2006), ela publicou uma coletânea Continue lendo