Resenhas de Livros

O museu do silêncio, de Yoko Ogawa – Resenha

O museu do silêncio, de Yoko Ogawa – Resenha

Confira, logo abaixo, o vídeo “O museu do silêncio, de Yoko Ogawa – Resenha”. • Aproveite e inscreva-se no canal do Leia Para Viver no YouTube. O museu do silêncio (2016) foi publicado pela editora Estação Liberdade, traduzido diretamente do japonês por Rita Kohl. O livro é narrado por um museólogo cuja principal tarefa é ajudar na construção e preparação de um museu bastante exótico, caracterizado por reunir objetos que representam pessoas mortas. Espero que goste do vídeo! Uma publicação compartilhada por Rodrigo Villela (@leiaparaviver) Continue lendo

Sobre “Um Nazista em Copacabana”, de Ubiratan Muarrek

Sobre “Um Nazista em Copacabana”, de Ubiratan Muarrek

“Um Nazista em Copacabana” (2016) é um romance nacional, escrito pelo paulista Ubiratan Muarrek e publicado pela editora Rocco. Ao sair da Europa com o término da 2ª Guerra Mundial, o alemão Otto Funk viaja para o continente sul-americano com o objetivo de se estabelecer na cidade de Buenos Aires. Repentinamente, decide ficar no Brasil, local onde forma família com Iracema, uma manauara de personalidade forte. Pouco depois nasce sua filha, Diana. No entanto, Otto não é o protagonista ou o ponto central deste romance. Continue lendo

Sobre “Um, dois e já”, de Inés Bortagaray

Sobre “Um, dois e já”, de Inés Bortagaray

Viajei bastante de carro durante a minha infância. Horas e horas de viagens, ansioso no banco de trás do carro, perguntando mil vez se já estava chegando. Uma criança insuportável, talvez rs. A leitura do livro “Um, dois e já”, da uruguaia Inés Bortagaray, fez com que eu me lembrasse de vários detalhes desses passeios. Esta escritora nasceu em 1975, na cidade de Salto, a segunda maior do Uruguai. Antes do livro “Um, dois e já” (“Prontos, listos, ya” – 2006), ela publicou uma coletânea Continue lendo

Resenha de Outra Volta do Parafuso, de Henry James

Resenha de Outra Volta do Parafuso, de Henry James

Confira a resenha de Outra volta do parafuso, um dos principais trabalhos do escritor norte-americano Henry James. Inscreva-se no canal do Leia Para Viver Resenha de Outra volta do parafuso, de Henry James Acredito que a obra “Outra volta do parafuso” foi um dos livros com mais possibilidades de interpretação que já li. São vários possíveis significados, um livro que contém múltiplos sentidos. O mais curioso é que essa característica desafia os leitores e, na mesma medida, torna essa obra um grande clássico da literatura Continue lendo

Sobre Demian, de Hermann Hesse

Sobre Demian, de Hermann Hesse

“A vida de todo ser humano é um caminho em direção a si mesmo…” (p.08) Este pequeno livro, escrito pelo alemão Hermann Hesse (prêmio Nobel de Literatura), toca no tema da busca pelo autoconhecimento dentro dos limites impostos pela família, sociedade e Estado. A história é contada por Emil Sinclair, protagonista, que fala sobre seu desenvolvimento pessoal desde a infância até o início da vida adulta. Em “Demian“, o autor se inspira tanto nas suas experiência com a psicanálise quanto em filósofos como Friedrich Nietzsche. Continue lendo

Sobre “O Médico e o Monstro”, de Robert Louis Stevenson

Sobre “O Médico e o Monstro”, de Robert Louis Stevenson

O médico e o monstro (Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde) foi o 1º livro que li do escritor Robert Louis Stevenson. Estava lá, parado na minha estante desde sei lá quando. Resolvi dar uma chance para esta pequena obra de, aproximadamente, 100 páginas. Sobre o livro Temos a história de um certo Dr. Jekyll, importante e renomado médico da sociedade londrina que, por algum motivo, começa a ter uma espécie de relação de amizade com Mr. Hyde, uma pessoa assumidamente má e Continue lendo

Sobre “Os mil outonos de Jacob de Zoet”, de David Mitchell

Sobre “Os mil outonos de Jacob de Zoet”, de David Mitchell

Já diziam por ai que viver perigosamente é comprar um livro somente pela capa. Foi esse o meu caso quando lembro de “Os mil outonos de Jacob de Zoet”. Entro na livraria, olho as novidades, olho as estantes de história, olho as estantes de literatura, o atendente olha para mim e pergunta “Quer uma ajuda?”, olho para o atendente e digo “Não, obrigado”, o atendente sai, olho novamente para as prateleiras e encontro o livro aqui citado, pego o exemplar, concluo que preciso dele e Continue lendo

Sobre a trilogia “As Crônicas de Artur”, de Bernard Cornwell

Sobre a trilogia “As Crônicas de Artur”, de Bernard Cornwell

As Crônicas de Artur, do escritor britânico Bernard Cornwell (publicado pela editora Record), foi uma das melhores trilogias que já li. Um romance histórico exemplar. Quando me tornei livreiro, lembro que pouquíssimo tempo depois recebi várias doações de exemplares usados e seminovos para por à venda. Alguns estavam em péssimo estado, outros maravilhosamente bem conservados. Dentre aqueles em melhores condições, estava lá o 1º volume da trilogia As Crônicas de Artur, chamado O Rei do Inverno. A bela capa me chamou a atenção e dei Continue lendo

A juventude peruana na obra “A Cidade e os Cachorros”, de Mario Vargas Llosa

A juventude peruana na obra “A Cidade e os Cachorros”, de Mario Vargas Llosa

A juventude peruana é o tema central da obra “A Cidade e os Cachorros”, de Mario Vargas Llosa, publicado pela editora Alfaguara. Lembro que estava realizando um cadastro de livros quando tive meu primeiro contato com uma obra do escritor peruano Mario Vargas Llosa. Estava lá, camuflado, no meio de uma pilha de livros clássicos usados, quase todos publicados pelas editoras Abril ou Record. Era uma edição pequena, capa dura, mas não ao ponto de ser considerada um pocket. O livro se chamava Batismo de Continue lendo